Wolmar Esteves explica os motivos para o aumento de vendas de smartphones que entram ilegalmente no país

20/01/2020 Imprimir Enviar E-mail

Em 2019, as vendas oficiais de smartphones cresceram menos de 1% no Brasil. No entanto, o mercado paralelo representado por canais de comercialização desses aparelhos ganhou bastante força. Embora sejam legais, esses canais não fazem parte da rede de distribuição dos fabricantes. Ainda assim, foram responsáveis por quadruplicar o número de aparelhos vendidos no país.

O mercado cinza, como é conhecida essa via de aquisição de aparelhos, foi impulsionado no ano passado, pela chegada de empresas chinesas ao Brasil. Huawei e Xiaomi são alguns exemplos de empresas que fortaleceram sua base no Brasil em 2019. Somente através desse mercado, foram vendidos 1,28 milhões de smartphones. Comparado ao mesmo período de 2018, estamos falando de um aumento de 537,3%.

Esse crescimento substancial tem uma explicação: as fabricantes chinesas trouxeram, dentre várias novidades em termos tecnológicos, maior robustez nos equipamentos, além de um ticket médio mais baixo desses produtos. O preço é um dos principais, senão o principal fator, que estimula o interesse do consumidor. Sendo assim, a saída para adquirir os aparelhos a preços mais em conta foi recorrer a sites e lojas que comercializam aparelhos contrabandeados, ou seja, que entraram no país sem cobrança de impostos.

A justificativa é de que, no Brasil, a carga de tributos incidente sobre os celulares importados é bem superior à de outros países da região, como Argentina e Uruguai. “No Brasil, a carga tributária que recai sobre o celular importado varia entre 61% e 80%”, esclarece o tributarista Wolmar Esteves.

Para termos uma ideia exata do cenário, o modelo Mi 9 produzido pela Xaiomi (que custa R$ 4.299 no site da empresa) pode ser adquirido por até R$ 1.800 em sites que reúnem diversos lojistas. Grande parte da diferença de preço observada no mercado cinza nota-se sobre aparelhos oriundos do Paraguai, que entram no país sem o devido pagamento de impostos.

Embora o consumidor tenha a sensação de que a compra desses aparelhos é um ótimo negócio, as próprias empresas produtoras dos equipamentos alertam que os maiores prejudicados são os próprios consumidores, que acabam ficando no prejuízo quando lojas ou sites não oficiais são fechados. Além disso, há casos de produtos que são vendidos com especificações diferentes das originalmente comercializadas no país, como por exemplo a frequência de banda diferente daquela adotada no Brasil. Os resultados são prejuízos e ausência de suporte aos consumidores que optaram por esse tipo de produto.

Confira a matéria do jornal Valor Econômico na íntegra. 



© 2014 Bichara Advogados

Luiz Gustavo A. S. Bichara

bichara@bicharalaw.com.br Idiomas

Área de atuação

Consultoria e Contencioso Cíveis e Contratos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec in ligula id sem tristique ultrices eget id neque. Duis enim turpis, tempus at accumsan vitae, lobortis id sapien. Pellentesque nec orci mi, in pharetra ligula. Nulla facilisi. Nulla facilisi. Mauris convallis venenatis massa, quis consectetur felis ornare quis. Sed aliquet nunc ac ante molestie ultricies. Nam pulvinar ultricies bibendum. Vivamus diam leo, faucibus et vehicula eu, molestie sit amet dui. Proin nec orci et elit semper ultrices. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Sed quis urna mi, ac dignissim mauris. Quisque mollis ornare mauris, sed laoreet diam malesuada quis. Proin vel elementum ante. Donec hendrerit arcu ac odio tincidunt posuere. Vestibulum nec risus eu lacus semper viverra.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec in ligula id sem tristique ultrices eget id neque. Duis enim turpis, tempus at accumsan vitae, lobortis id sapien. Pellentesque nec orci mi, in pharetra ligula. Nulla facilisi. Nulla facilisi. Mauris convallis venenatis massa, quis consectetur felis ornare quis. Sed aliquet nunc ac ante molestie ultricies. Nam pulvinar ultricies bibendum. Vivamus diam leo, faucibus et vehicula eu, molestie sit amet dui. Proin nec orci et elit semper ultrices. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Sed quis urna mi, ac dignissim mauris. Quisque mollis ornare mauris, sed laoreet diam malesuada quis. Proin vel elementum ante. Donec hendrerit arcu ac odio tincidunt posuere. Vestibulum nec risus eu lacus semper viverra.

Luiz Gustavo A. S. Bichara

bichara@bicharalaw.com.br Idiomas

Área de atuação

Consultoria e Contencioso Cíveis e Contratos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec in ligula id sem tristique ultrices eget id neque. Duis enim turpis, tempus at accumsan vitae, lobortis id sapien. Pellentesque nec orci mi, in pharetra ligula. Nulla facilisi. Nulla facilisi. Mauris convallis venenatis massa, quis consectetur felis ornare quis. Sed aliquet nunc ac ante molestie ultricies. Nam pulvinar ultricies bibendum. Vivamus diam leo, faucibus et vehicula eu, molestie sit amet dui. Proin nec orci et elit semper ultrices. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Sed quis urna mi, ac dignissim mauris. Quisque mollis ornare mauris, sed laoreet diam malesuada quis. Proin vel elementum ante. Donec hendrerit arcu ac odio tincidunt posuere. Vestibulum nec risus eu lacus semper viverra.

Luiz Gustavo A. S. Bichara

bichara@bicharalaw.com.br Idiomas

Área de atuação

Consultoria e Contencioso Cíveis e Contratos

Envie para um amigo